• Bruno Gonçalves

Alho - Um Verdadeiro Alimento Medicamento


O alho é um alimento-medicamento dos mais acessíveis que se pode encontrar em quase todas as regiões do globo.

Hoje trago~lhe aqui duas excelentes opções para desintoxicar gradualmente o organismo e evitar doenças fortalecendo o Sistema Imunológico.

De um dia para o outro, deixar 1 dente de alho grande picado em pedaços em água e tapar bem.

Na manhã seguinte, pode coar os pedaços de alho e beber em jejum.

Além de fortalecer o sistema imunitário é recomendado para dores nas articulações e desintoxicar o organismo.

Meia hora depois pode beber o suco verde, receita dada anteriormente ou uma que goste.

Não é de hoje que o alho recebe o atributo de alimento bom para saúde. No célebre papiro de Ebbers, de 2.550 a.C., havia mais de 20 receitas à base de alho indicadas para combater infecções, dor de cabeça e faringites. Outros documentos datados de 3.000 anos A.C., elaborados pelos Babilônios, Chineses e Romanos também mostraram o uso do alho como medicamento. Mas, foi Hipócrates, considerado o pai da medicina, o primeiro a demonstrar com detalhes, o uso do alho como medicinal a vários níveis. Plínio e Galeno, médicos romanos, também utilizaram o alho para o tratamento de infecções intestinais, problemas digestivos, pressão alta, senilidade e impotência. Nas anotações de Marco Polo há várias partes mostrando o uso do alho pelos chineses para desintoxicação. Tem igualmente o poder de reduzir o colesterol e a pressão arterial, tem acção germicida combatendo infecções além de possuir antioxidantes e flavonóides que combatem o envelhecimento entre outras propriedades medicinais. A maioria dessas propriedades devem-se à riqueza de

substâncias sulfurosas na sua composição.

Várias pesquisas científicas apontam para a sua capacidade

de melhorar as condições cardíacas, suas acções germicidas

e anticancerígenas, pela presença de alguns princípios

activos como: * Óxido dialildissulfeto, com capacidade de reduzir os níveis

de lipidos e colesterol do sangue. * Germânio: elemento condutor de oxigénio com ação

revigorante e rejuvenescedora, graças à sua capacidade de

conduzir oxigénio e agente hipotensor que ajuda a controlar

a pressão arterial sem provocar efeitos secundários. * Selénio: um mineral protector do coração, pois ajuda a

prevenir a formação de ateromas, de coágulos e ainda normaliza a pressão arterial. O Selénio tem igualmente uma acção extremamente importante na memória e em várias funções cerebrais. * Alicina e alina: ambas com efeitos antibactericida e anti-inflamatório.


Algumas propriedades medicinais do alho:

  • Previne doenças coronárias e circulatórias. Efeito hipotensor devido à vaso dilatação periférica, sobretudo nas pernas, olhos e cérebro.

  • Bom para a memória e saúde cerebral

  • Previne enfartos

  • Reduz a coagulação do sangue

  • Reduz a pressão arterial

  • Previne a agregação plaquetária; útil em tromboses e arterioscleroses.

  • Combate infecções bacterianas, viróticas e fúngicas (para tratamento de fungos em dermatofitos que afetam a pele e leveduras, como Cândida Albicans).

  • Diminui o risco de câncros

  • Reduz os níveis de açúcar e glicose, ajudando no tratamento da diabetes.

  • Efeito hipo-colesterolemiante (tratamento do colesterol).

  • Efeito anti-helmíntico suave (Tratamento de parasitas intestinais).

  • Efeito expectorante

Por estas e outras propriedades é altamente recomendado usar alho na culinária ou ingeri-lo cru, em certos preparados, por exemplo com azeite, para beneficiar das suas muitas vantagens terapêuticas. Bruno Gonçalves (Naturopata)